Sorry but this form will not work without cookies enabled. Please adjust your browser settings to enable cookies to continue. For more information on how to do this please see ourPrivacidade & Política de Cookies.

EMERGENCY NOTICE
  • The British College of Brazil

    Nossa comunidade é composta por mais de 38 nacionalidades diferentes, que se encontram por meio de interesses comuns, internacionalismo e excelência acadêmica.

    Our School

  • Cidadãos globais ambiciosos

    Nossos alunos estão interessados no mundo. Eles têm a mente aberta e são pessoas cuidadosas que refletem sobre tudo o que fazem para contribuir positivamente para o mundo em que vivem.

    Students

  • Qualificados e Inspiradores

    Recrutamos os melhores professores para inspirar seus filhos em um mundo em constante mudança!

    Teaching staff

  • Um ambiente de Aprendizado Global e Personalizado

    Uma grade curricular que incentiva todos os alunos a serem cidadãos globais responsáveis, alunos independentes e ambiciosos para si e para os outros.

    Learning

  • Confira o que está acontecendo na escola!

    Confira o que está acontecendo na escola todos os dias e saiba mais sobre as oportunidades únicas para os alunos.

    Sailing

  • Inscreva-se agora!

    Nosso Departamento de Admissões está aberto durante o ano todo e nós adoraríamos saber mais sobre seu filho e suas expectativas. Agende sua visita hoje!

    Admissions

  • Gostaríamos muito de ouvir você!

    Nossa equipe dedicada e gentil terá o prazer em ajudá-lo com qualquer dúvida.

    Contact us

Building skills MAIN image

Construindo habilidades para o futuro através do STEAM

Os empregos de amanhã podem não ter sido imaginados ainda. À medida que as mudanças na ciência e na tecnologia continuam a crescer, queremos estimular as habilidades que seu filho precisa para ter sucesso no século 21.

O que é STEAM?

(Requires Javascript)

A importância do aprendizado do STEAM

Nossa nova abordagem para ensinar as matérias interdisciplinares do STEAM é sobre dar ao seu filho as ferramentas para alcançar ainda mais. Através de soluções práticas de problemas, da aprendizagem interdisciplinar e do desenvolvimento de habilidades transferíveis, seu filho pode imaginar um mundo de ilimitadas oportunidades.

Mark Orrow-Whiting Square
Mark Orrow-Whiting

Diretor de Grade Curricular e Desempenho do Aluno

Mark tem uma extensa experiência internacional de nível escolar e de questões políticas e tem desempenhado um papel fundamental na criação de nossa nova abordagem ao STEAM com o MIT

Ser bem sucedido no século 21 significa aprender a pensar e não em que pensar

Os educadores de hoje enfrentam um desafio significativo. O mundo em que vivemos está evoluindo rapidamente, mas a maneira como lecionamos praticamente não mudou em mais de 100 anos. Então, será que estamos fazendo tudo o que podemos para preparar os alunos para o mundo que eles experimentarão quando deixarem a escola?

Na Nord Anglia, acreditamos que podemos fazer mais e temos o dever de garantir que os formandos dos anos de 2030 em diante estejam preparados para o mundo que encontrarão, mesmo que não saibamos exatamente como as coisas serão. Ainda há uma função para o aprendizado tradicional de formas robustas e comprovadas, mas, como educadores, precisamos pensar tanto nas habilidades transferíveis que ajudamos os jovens a desenvolverem, quanto nos fatos que aprendem.

Nosso papel como educadores é inspirar os alunos a descobrirem e perseverarem ativamente. Para nós, pensar não é apenas um verbo, é, também, uma ação, uma atividade e é isso que esperamos alcançar em nossos alunos. Queremos desafiar os alunos a tentarem algo novo ou dizer que o fracasso é bom, mas como parte de um processo que os levará ao sucesso. Queremos dizer aos alunos para aprenderem com seus erros e encontrem soluções e que a maior lição que aprenderão virá do problema que eles não conseguem resolver. 

Lideramos o ranking de organizações de escolas premium, portanto, queremos construir uma Grade Curricular voltada para o futuro e não baseado no pensamento convencional do passado.

Prevendo habilidades necessárias para o século 21

O ritmo de mudança mundial está tão rápido que os empregos de amanhã podem ainda não ter sido imaginados[1]. Nos últimos 20 anos, a tecnologia transformou completamente tudo o que é possível. Dado esse ritmo de mudança, os educadores só podem presumir quais serão os trabalhos recém-inventados que existirão daqui a 20 anos. Portanto, a educação não deve ser apenas a ingestão de informações, mas o desenvolvimento de habilidades para que os alunos possam se adaptar a um mundo incerto.

Os sistemas tradicionais de ensino e aprendizagem não estão necessariamente fornecendo aos jovens as habilidades necessárias para o mundo moderno[2]. Muitas das formas mais tradicionais de aprendizagem em sala de aula, em disciplinas individuais isoladas, estão mal equipadas para atrair as habilidades necessárias para desenvolver soluções criativas para problemas complexos. O ensino tradicional aborda problemas do passado, não problemas no futuro.

Então, como nos adaptamos e preparamos nossos alunos para os desafios que eles enfrentarão no futuro?
A Nord Anglia acredita que devemos apoiar o desenvolvimento de habilidades transferíveis que exigem que os alunos se adaptem e respondam ao mundo em mudança. Ao fazê-lo, nós tornaremos nossos alunos mais resilientes, flexíveis e, finalmente, bem-sucedidos à medida que participarem do mundo real e começarem a contribuir para a sociedade.

Este pensamento sustenta nossa recente parceria de artes performáticas com a Juilliard School. Uma série de estudos mostrou que aprender música e artes performáticas ajuda o aluno a melhorar a alfabetização[3], a matemática[4] e o desenvolvimento cognitivo[5], e o mais importante, ajuda o aluno a desenvolver habilidades pessoais de cooperação e a autoconfiança.

Inspirando o pensamento interdisciplinar através do STEAM

Nossa nova abordagem para aprender STEAM (ciências, tecnologia, engenharia, artes e matemática) é um método interdisciplinar destinado a ajudar os alunos a desenvolverem habilidades transferíveis importantes e aprenderem sobre as disciplinas através de experimentações, testes e criatividade.

A abordagem multifuncional do STEAM exemplifica como podemos preparar os alunos para o mundo real. Ela também trabalha com a premissa de que o mundo é complexo e confuso e que não existe um problema que possa ser resolvido apenas com o conhecimento da química ou da física. Os desafios possuem muitas faces, portanto, deve-se pensar com o mesmo dinamismo do mundo para que possamos resolvê-los.

Seja encontrando a cura para o câncer ou combatendo uma mudança climática, as questões do mundo real exigem participações de várias disciplinas, então, por que os alunos deveriam pensar que o mundo se encaixa perfeitamente em módulos? Aprender sobre diferentes assuntos ajuda a construir uma compreensão mais abrangente de como o mundo realmente funciona. Os alunos devem receber o apoio para fazerem essa descoberta o mais cedo possível em sua jornada de aprendizado.

O valor do STEAM

O STEAM é baseado na compreensão de que a inovação é frequentemente encontrada quando diferentes disciplinas se cruzam. Ao aprender essas disciplinas ao mesmo tempo, os alunos levam em consideração, de forma mais ampla, uma série de perspectivas ao resolver um problema específico. Enquanto o aprendizado tradicional desenvolve conhecimento baseado em fatos, nosso programa STEAM desenvolverá as habilidades necessárias para o crescimento, que são: flexibilidade, pensamento crítico, criatividade e comunicação.

Além do mais, diversas evidências sugerem que o STEAM tem um impacto benéfico no aprendizado, principalmente porque ajuda a desenvolver essas habilidades transferíveis. A aprendizagem através do STEAM estimula a inovação[6] a criatividade[7] e melhora a interação[8].
Em 2013, um estudo voltado à educação[9] descobriu que, quando as artes liberais foram integradas à ciência, à aprendizagem baseada em problemas e à tecnologia, o desempenho dos alunos aumentou, também, em ciências e matemática. Portanto, o STEAM não é apenas o preparo de nossos alunos para o futuro, este método também pode atuar como uma ferramenta em potencial para acelerar o aprendizado.

Aprenda com o melhor

Assim como em nossa parceria em artes performáticas, procuramos trabalhar com os melhores nessa área, então, estabelecemos uma participação especial com o MIT (Instituto de Tecnologia de Massachusetts) como parte do nosso programa STEAM para nos ajudar a dar vida a alguns elementos do nosso programa.

O MIT liderou de forma consistente os conceitos do STEAM. Sua filosofia, Mens et Manus (Mente e Mão), captura a mistura de teoria e da aplicação prática que é fundamental para uma educação de qualidade. Um elemento básico do nosso programa STEAM, inspirado pelo MIT, incentivará os alunos a aprenderem na prática, e, a partir dela, ajudando-os a desenvolver uma maior compreensão de seus conhecimentos e testando teorias.
Ao trabalhar com o MIT, planejamos uma série de desafios do mundo real para nossos alunos em cada período. Esses desafios englobarão atividades interdisciplinares e de pensamento crítico que apresentarão aos alunos os desafios da vida moderna, que ainda precisam ser resolvidos. Cada desafio exigirá níveis significativos de participação, experimentação e uma solução desenvolvida através de testes. Criar desafios práticos para os alunos significa que eles podem desenvolver seus conhecimentos e habilidades através de exercícios dinâmicos. A participação ativa e a liberdade de explorar e expressar suas ideias com os outros, enquanto resolvem esses desafios incertos do mundo real, aumentam o aprendizado de forma comprovada[10].

Construindo habilidades hoje, para que os alunos possam ter sucesso amanhã

Na Nord Anglia, buscamos inspirar os nossos alunos através da excelência, desafiando-os a alcançar os seus sonhos e a serem participantes ativos no mundo à sua volta. Incentivamos a ambição e a curiosidade e priorizamos o desenvolvimento de habilidades do mundo real para que eles venham para o mundo prontos para aprender e descobrir, ansiosos para serem desafiados e capazes de prosperar.

Ao ajudar nossos alunos a desenvolverem habilidades transferíveis cruciais que constroem e aprimoram os sistemas tradicionais de aprendizado através de nossos programas de artes performáticas e STEAM, estamos preparando nossos alunos para terem sucesso no futuro em nosso mundo, que está em constante mudança.

[1] Immerman, S. D. (2011). Letting off STEAM at Montserrat College of Art. New England Journal of Higher Education.
[2] Gordon, E. (2010). The Job Revolution: Employment for Today and Tomorrow. Techniques: Connecting Education and Careers (J1), 85(8), 28-31.
[3] Salmon, A. (2010). Using Music to Promote Children's Thinking and Enhance Their Literacy Development. Early Child Development and Care, 180(7), 937-945.
[4] Smithrim, K., & Upitis, R. (2005). Learning through the Arts: Lessons of Engagement. Canadian Journal of Education, 28(1/2), 109-127
[5] Schellenberg, E. (2004). Music lessons enhance IQ. Psychological Science, 15, 511 - 514.
[6] Eisner, E. (2002). The arts and the creation of mind. New Haven: Yale University Press.
[7] Immerman, S. D. (2011). Letting off STEAM at Montserrat College of Art. New England Journal of Higher Education.
[8] Ghanbari, S. (2015) Learning across disciplines: a collective case study of two university programs that integrate the arts with STEM, International Journal of Education & the Arts, 16 (7)
[9] Miller, J., & Knezek, G. (2013). STEAM for student engagement. Society for Information Technology & Teacher Education International Conference, 2013(1).
[10] Kim, S. & Song, K. (2013). Gifted students’ perception changes toward computer science after STEAM-based CS education. Journal of Convergence Information Technology.